Atendimento : (11) 3279-8571 | Assinatura: (11) 3279-8572 | Recepção: (11) 3279-8234

  • Fale Conosco

    Fale Conosco

  • Dúvidas

    Dúvidas

  • Login

    Login

  • Cadastro

    Cadastro

meu carrinho

Carrinho

0 itens
R$ 0,00

acessar carrinho

0 itens no Kit

Revistas / Educação / História

HISTORIA EM CURSO 019
Clique na imagem para ampliar

HISTORIA EM CURSO 019

Edição: 19
Código: 304626

R$ 8,99     

Compre




Descrição


HISTORIA EM CURSO 019

As ditaduras militares da América do Sul

Após a 2ª Guerra Mundial, o mundo se bipolarizou, devido às ideologias capitalista e socialista que fundamentam o embate do período chamado de Guerra Fria que, por sua vez, também determinou zonas de influências que passaram a ser disputadas tanto pelo Estados Unidos quanto pela extinta União Soviética.

No que se refere à América do Sul, devido à própria localização geográfica, a influência ideológica deveria ser exercida pela política imperialista dos Estados Unidos. Mas, com a Revolução Cubana de 1959 e a crise do popularismo sul-americano, as ideias socialistas começaram a se espalhar, principalmente, entre os intelectuais responsáveis pela criação dos sindicatos, movimentos estudantis, grupos políticos não atrelados ao poder e até de guerrilhas contrárias ao sistema vigente. Na época, a chamada burguesia, assustada com a possibilidade da extinção da propriedade privada, apoiou a militarização dos países sul-americanos, que recebeu apoio logístico e financeiro dos norte-americanos, cujo maior interesse era manter seus próprios domínios no continente.

Só esse fato já explica por que os regimes militares implantados na América do Sul, apesar de pontos comuns - como a dissolução das instituições representativas, falência ou crise dos partidos políticos tradicionais, militarização da vida política e social em geral, entre outros -, também apresentavam situações políticas diversas.

Mas, como crises são inevitáveis, bastou a Argentina se dispor a guerrear pelas Ilhas Malvinas contra a Inglaterra, que a situação começou a mudar. Embora fosse a mais imperialista de todas as nações da América do Sul, ela foi esquecida pelos Estados Unidos que já conviviam com as anormalidades da economia mundial e, estrategicamente, viram mais vantagens em apoiar a Inglaterra no conflito.

A partir daí, tanto a ditadura argentina quanto as demais ficaram totalmente desamparadas e, em meio ao quadro de instabilidade econômica e social já estabelecido na América do Sul e que só se fortaleceu na época, deu-se o avanço da luta pela liberdade que, de modo inédito, bloqueou as tentativas de reinstalar medidas coercitivas, já com o objetivo de implantar a tão almejada democracia.

APROVEITE E COMPRE JUNTO

HISTORIA EM CURSO 019

304626
R$ 8,99

HISTORIA EM CURSO ESCRAVIDAO & ESCRAVISMO 009

302153
R$ 8,90

R$ 17,89

QUEM COMPROU ESTE PRODUTO TAMBÉM COMPROU

HISTORIA EM CURSO 020

304770
R$ 8,99

Compre

HISTORIA EM CURSO CRISE DE 1929 004

013942
R$ 7,90

Compre

HISTORIA EM CURSO 015

303666
R$ 8,99

Compre

HISTORIA EM CURSO TIRANOS 005

014467
R$ 7,90

Compre

HISTORIA EM CURSO SOCIEDADES SECRETAS 010

302529
R$ 8,90

Compre

QUEM VIU ESTE PRODUTO TAMBÉM SE INTERESSOU POR

HISTORIA EM CURSO 018

304358
R$ 8,99

Compre

HISTORIA EM CURSO 014

303448
R$ 8,99

Compre

HISTORIA EM CURSO OS MAIORES MISTERIOS 011

302750
R$ 8,90

Compre

HISTORIA EM CURSO ESPIONAGEM 007

015022
R$ 8,90

Compre

HISTORIA EM CURSO RELIGIAO 012

302895
R$ 8,99

Compre